sábado, 25 de abril de 2009

Fazendo a Diferença – Malaquias 3:18



Malaquias, cujo nome significa “mensageiro de Jeová”, é um dos 12 profetas menores do Antigo Testamento. Ele foi, provavelmente, um profeta sacerdotal. Embora não tenhamos mais informações no restante do AT a respeito do profeta, sua personalidade fica bem patente neste livro. Malaquias é o último dos 3 livros pós- exílicos do AT (os outros dois são Ageu e Zacarias. Suas firmes convicções a favor da fidelidade ao concerto, e contra a adoração hipócrita e mecânica, a idolatria, o divórcio e o roubo de dízimos e ofertas revelam um homem de rigorosa integridade e de intensa devoção a Deus. O conteúdo do seu livro indica que o templo já havia sido reedificado, e que os sacrifícios e festas achavam-se plenamente restaurados, um conhecimento geral da lei havia sido reintroduzido por Esdras. Porém, uma apostasia ocorrera entre os judeus, levando-os a violarem as leis do Senhor.

Malaquias com toda a sua sabedoria, inteligência, e através do chamado profético que havia recebido do Senhor, começa a observar a situação espiritual do povo. E o povo a cada dia afastando-se do Senhor e corrompendo-se moralmente e espiritualmente. Depois que ele analisa a situação em que os judeus se encontravam, é que ele profere as palavras que encontramos no versículo chave desta mensagem; “Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio, entre o que serve a Deus e o que não serve. Através destas palavras, Malaquias estava mandando uma mensagem direta a todo povo que se encontrava longe de Deus, dizendo-lhes que, se de fato eles serviam a Deus, precisavam fazer a diferença.

Fazer a diferença não é simplesmente ser conhecido como evangélico, fazer a diferença é a postura de um cristão que anda com Deus. Existem muitas pessoas que se auto-denominam crentes e servos do Senhor, todavia, não fazem a diferença. Fazer a diferença é permitir que as nossas atitudes, palavras, maneira de andar e vestir, possam evidenciar que servimos a Deus. Nunca transformaremos a nossa geração, se formos iguais a ela, o cristão verdadeiro precisa fazer a diferença em tudo, não podemos jamais fugir dessa realidade.

Em Mateus 5:13 no Sermão da Montanha, Jesus disse o seguinte: “Vós sois o sal da terra, e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.” Com essas palavras Jesus estava dizendo que nós somos o sal na vida das pessoas. Assim como a comida precisa do sal para ter sabor, assim o mundo precisa de nós. Podemos notar que ainda nesse versículo Jesus afirmou que o sal que não salga, não tempera, não serve para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens. Infelizmente muitos cristãos estão vivendo um cristianismo insípido, um cristianismo que não causa impacto na sua geração. Ser sal é sermos canais de transformação na vida daqueles que estão apodrecendo no pecado.

Já em Mateus 5:14 o Mestre afirmou que nós somos a luz do mundo, isso quer dizer, que a nossa luz precisa resplandecer diante dos homens, para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem ao nosso Deus. O apóstolo Paulo escreveu na carta aos Filipenses que devemos resplandecer como astros no meio de uma geração corrompida perversa. Todo crente possui essa obrigação, precisamos brilhar em meio as trevas, permitir que as pessoas vejam o brilho de Jesus em nós, afinal de contas, é Ele quem vive em nós, pois assim como Paulo, já estamos crucificados com Cristo. Será que você tem sido luz no lugar que Deus te colocou? Se a sua resposta é não, eu libero sobre a sua vida uma palavra profética que está em Isaías 60:1; “Levanta-te, resplandece, porque já vem a tua luz, e a glória do Senhor vai nascendo sobre ti.” Não se conforme em ser apenas mais um crente, mas seja um crente que faz a diferença, um crente que reflete o brilho da glória do Senhor e que está disposto a marcar a sua geração.

Que o Senhor te abençoe e te guarde!!

Mensagem pregada na Shekináh na noite do dia 21/04/2009
Pr Diogo Lózer

5 comentários:

  1. Essa mensagem tocou muito no meu coração que Deus abençoe esse profeta pois com essa mensagem muitas almas serão ganhas para adorar e bem dizer o nome do nosso senhor e salvador jesus cristo

    ResponderExcluir
  2. Hoje a igreja que congrego esta em jejum e meditando sobre esta palavra de Malaquias 3.18, e faremos no último culto do dia uma mini- vigilia, estou muito precisando desta palavra por isso entrei na net, para buscar mais arrespeito de Malaquias 3.18, e encontrei esta página quero agracer em nome de Jesus pela postagem e aproveitar para pedir que me ajudem em oração, preciso voltar rapidamente a santidade, pois tenho me comportado mal diante de nosso Deus, porque tenho falado doque não devia, isto é, murmurado muito, fazendo comentarios com pessoa que não é da mesma fé isso tem me icomodado me ajudem por favor, quero ser praticante da palavra e não ouvinte, obrigado em nome de Jesus.

    ResponderExcluir
  3. A PAZ DO SENHOR!

    QUERO LHES AGRADECER POR ESTA MENSAGEN TÃO IMPORTANTE SOBRE FAZER A DIFERENÇA. E DIGO QUE NÃO ADIANTA VIVER POR VIVER MÁS O IMPORTANTE É VENHAMOS FAZER E MOSTRAR A DIFERENCA PRA NOSSA SOCIEDADE EM QUE VIVEMOS QUE NÃO VIVEMOS PARA O MUNDO, MAS VIVEMOS PRA DEUS EM TODO TEMPO!.


    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Gostei da mensagem e vou pregar ela hoje, paz

    ResponderExcluir